Orienterapias

Núcleo de Psicologia

Centro de Estudos e Terapias Orientais

Caminhos para o Despertar da Consciência

YOGA

Yoga, em sânscrito, significa união. Entenda-se esta como união entre corpo, mente e consciência, que compõem o ser humano.

Mas se é assim, porque sofremos? O que nos separa, então, dessa sensação de bem estar contínuo que deveríamos estar experimentando se já temos, enfim, essa união com o todo?

Bem, a resposta rápida, em uma única palavra é: mêdo.

Mas mêdo dessa união prazerosa e da felicidade e da paz infinita que ela deve proporcionar?

Por incrível que possa parecer, sim.

Mas não se assuste, pois esse mêdo não é realmente nosso, e sim de um ser completamente virtual que nos habita, denominado Ego, criado e mantido por nada menos que nossa própria mente.

A mente inicia a formação desse “ser” ainda dentro do útero materno como forma de interagir com as inúmeras sensações boas e ruins causadas por um mundo desconhecido. Assim, ele surge como um personagem que nos “traz prazer” e nos“protege” de um meio “perigoso”.Transformando-se em nosso intermediário com o mundo externo, ele

1/14

nos vende segurança, mas nos entrega ilusão.

Agora saiba que ele, o Ego, não é o vilão de nossa história, mas sim um aparato mental muitas vezes necessário às nossas relações e até sobrevivência no mundo físico - ao menos até que possamos assumir nossa consciência e caminhar por nós mesmos. O problema é que, como efeito colateral, nesse processo nossa mente invariavelmente nos faz crer que SOMOS ele. Mas ele sabe que não somos.

Por isso, ele tem mêdo. Por isso, ele nos incute mêdo. E se por alguns instantes de inspiração, tentamos vislumbrar nossa realidade transcendental dando um passo atrás e observando o funcionamento do Ego, ele imediatamente corre fechando as cortinas e se escondendo por trás de mil e uma artimanhas psicológicas para não ser descoberto e correr o risco, assim, de perder sua utilidade, que é a fonte de sua existência.

Outro problema, é que o Ego baseia suas ações em acontecimentos passados e vive na incessante busca por algum objetivo no futuro - mesmo que seja esquecer ou reviver o passado – e dessa forma, não pode existir no presente. Assim, todas as vezes que tentamos viver o agora – na verdade o único momento em que nos é possível viver - imediatamente, pela nossas costas, ele nos sopra ao ouvido: “o que estou fazendo aqui parado brincando com meu filho, quando há tanta coisa mais importante merecendo minha atenção, como pensar no futuro dele, por exemplo?”. Para o ego, pensar é preciso, viver não é preciso. Assim, em troca de pensamentos, não vivemos o momento, ou seja, não vivemos.        

E é aí que entra o Yoga. Sua prática, nesse sentido, visa a supressão desse incessante processo mental, através de posturas, mantras, técnicas de respiração e meditação, a fim de nos propiciar libertação das amarras da mente e, por consequência, da ansiedade, do medo e de todos os focus de angústia e solidão.

Encontre-se consigo e com o universo. Pratique Yoga.

 

AULAS EM GRUPO

Nessa modalidade o foco é a prática física do Hatha Yoga clássico através das ásanas (posturas) combinadas a exercícios para concentração. Centrado no trabalho de corpo, o Hatha Yoga dá muita atenção ao correto alinhamento durante o ásana. O proprósito desse alinhamento e a quebra dos padrões corporais com a consequente quebra dos padrões emocionais e comportamentais. O preciso alinhamento entre corpo, mente, emoções e sentidos coordenado com a respiração permite, por fim, o equilíbrio perfeito. 

Mensalidade com valor promocional 

AULAS INDIVIDUAIS

Instrutora: Adriana Braz

O propósito do Yoga em todas as suas milenares variações sempre foi o despertar da Consciência. Tal conhecimento era passado somente de mestre para discípulos preparados para adquiri-los. Contudo, hoje, devido à grande expansão ocorrida no ocidente na busca pela sabedoria e pelos benefícios da prática, pessoas com muito, pouco ou mesmo nenhum preparo ou conhecimento prévio do Yoga, vêm procurando instruções sobre a técnica e a filosofia. Assim, a grande variação entre os alunos no que se refere à condição física, momento de vida e busca individual, dificulta sobremaneira a formação de um grupo homogêneo que permita, em aulas conjuntas, atingir a todos de forma ao menos semelhante. Em contrapartida, a aula individual, respeitando as diferenças e a singularidade dos alunos, nos possibilita utilizar das mais diversas ferramentas disponíveis no Yoga, que consistem basicamente na respiração correta (Pranayama), na prática de posições físicas especificas (Ásanas), nas variadas técnicas de meditação (Dhyana),

1/4

relaxamento (Yoganidra), reforma íntima (Yamas e Nyamas), dentre outras. Além disso, permite aplicação mais direcionada dos vídeos, mantras, músicas, textos, livros e outros recursos específicos que, juntamente com o espaço dedicado em aula para orientações com perguntas e respostas sobre a filosofia (Satsangs), possibilita ao aluno melhor condição para atingir o tão esperado equilíbrio interior,.

Orienterapias - Av. Conselheiro Nébias, 850, Sobreloja 01 (Esquina com a Praia), Boqueirão, Santos -SP. Fones: (13) 3284-2510 / 99787-5533 Whatsapp