Núcleo de Psicologia

Centro de Estudos e Terapias Orientais

Orienterapias

SAÚDE aos pés do MAR​

DANÇATERAPIA

         Nova turma 2as feiras das 19:00 às 20:00 hs.

          Aulas em Grupo: Mensalidade promocional:

                       R$ 100,00 por pessoa - 1 x sem

 

    Aulas individuais ou Casal com horários agendados

                           Mensalidade Promocional:               

               Individual - R$ 200,00 / Casal - R$ 300,00

Dançaterapia (DT) é uma forma de psicoterapia que utiliza o corpo e a sua linguagem (o movimento da dança) para ajudar a transpor barreiras.

Tem como pressuposto que mente e corpo estão conectados, e que tudo o que se passa na mente tem reflexo no corpo e vice-versa. É através desta procura de integração mente-corpo e dos aspectos expressivos do movimento, sempre vivenciados no seio de uma relação terapêutica segura, que a mudança pode ocorrer.

A DT pertence às chamadas terapias artístico-criativas, como a musicoterapia, a drama-terapia e a arte-terapia. Nesta disciplina, o movimento é visto como simbólico, com um significado específico para cada pessoa que o realiza, e capaz de acessar conteúdos inconscientes, que habitam o corpo. Não raras vezes estes apenas são acessíveis e conscientes através do movimento e só depois passíveis de integração ao nível do pensamento.

Em termos práticos fundamenta-se na psicologia do desenvolvimento humano, nas investigações sobre a comunicação não verbal, nas recentes descobertas das neurociências, nos processos criativos e na dança, e nos diferentes sistemas de análise e observação do movimento.

1/1

Princípios da DT

              A DT nos proporciona alegria, descontração, percepção do ambiente e do outro, os limites e as possibilidades que conseguiremos alcançar e, principalmente, a não timidez de se expor. Com ela, aprendemos técnicas que nos possibilitam melhor qualidade de movimento, pensamento, sentimento e expressão individual.

            O corpo inteligente não deve ser aquele regrado, fechado, cheio de medos e incapacitações; mas sim um corpo livre, sem limites, tentando sempre atingir um patamar mais alto que os vencidos anteriormente.

           A DT contribui, ainda, para o conhecimento de si, do espaço do outro, possibilitando nos perceber no meio e na sociedade em que estamos inseridos, nos permitindo ser tocados fazendo com que completemos a nossa própria autopercepção.

O trabalho psicoterapêutico em DT baseia-se nos seguintes princípios:

1. Na conexão entre mente e corpo, uma vez que as alterações ao nível do movimento têm reflexos em nível emocional, afetando o indivíduo.

2. A DT acontece na relação terapêutica baseada na criação de um espaço seguro e de confiança, onde os envolvidos interagem, através da linguagem verbal e não-verbal (em movimento).

3. O movimento pode ser evidência de conteúdos inconscientes da mente – sensações, sentimentos, emoções, imagens e memórias, que não estão presentes no campo da consciência.

4. O movimento pode levar a insights, permitindo o aumento da autoconsciência e uma abertura à mudança. Muitas vezes, esses insights encontram a sua consistência na verbalização do que aconteceu durante o movimento e de por que aconteceu. Existem, assim, dois canais que podem ser utilizados na DT para o insight e a sua resolução: o verbal e o movimento.

5. O ato de criação de um movimento através da improvisação é inerentemente terapêutico e a criatividade e a arte são meios privilegiados de expressão e comunicação humanas. Assim, o simbólico é chamado à terapia e o corpo é visto como metáfora.

6. A capacidade de expressão emocional simbólica através do movimento e um amplo repertório de ritmos são considerados sinais de desenvolvimento e saúde.

A quem se destina:

DT pode ser individual ou grupal, o que faz variar muito o processo. As aulas iniciam geralmente como uma parte verbal (explicar o porque de cada movimento) e depois o movimento em si, de forma a possibilitar a integração das vivências durante o processo (verbal e emocional).

A DT serve para crianças, adultos ou idosos, incluindo aquelas que menos se movem, como é frequentemente o caso de pessoas com dificuldades físicas. Pode ser utilizada como ferramenta de autodesenvolvimento.

Instrutora: Silvia Junqueira

Há 15 anos Professora de dança de salão e Terapeuta atuante com Dançaterapia. 

 

As aulas de DT serão semanais, com duração de uma (1) hora/aula.

Quais os ritmos que serão abordados em aula: Bolero, samba, forró/sertanejo e swing.

 

Orienterapias - Av. Conselheiro Nébias, 850, Sobreloja 01 (Esquina com a Praia), Boqueirão, Santos -SP. Fones: (13) 3284-2510 / 99787-5533 Whatsapp